POR QUÊ PROCURAR UM MÉDICO DE FAMÍLIA?

Paulo Henrique Mai.jpg

QUEM É O MÉDICO DE FAMÍLIA E COMUNIDADE?

O Médico de Família é o especialista nas coisas do  dia a dia, além de cuidar com excelência das doenças mais prevalente, trabalha com promoção de saúde, prevenção de doenças e diagnóstico precoce.
Pro Médico de Família, não existe diferença entre prevenção e cura, por não ser um especialista em doenças, mas sim um especialista em gente como a gente.

Formatura Paulo Henrique Mai

QUE TIPO DE DOENÇA DO MÉDICO DE FAMÍLIA TRATA?

Diferente das outras especialidades, o Médico de Família aceita todas as pessoas que o procuram, não limita seus serviços com base em idade, sexo ou diagnóstico.
É um clínico de excelência, competente para prestar atendimento às condições agudas (resfriados, dor de garganta, infecção de urina) e crônicas (hipertensão, diabetes, hipotireoidismo).

Paulo Henrique Mai.jpg

CUIDADO INTEGRAL

O grande diferencial é ver a pessoa como um todo.
Enquanto o mundo segue o fluxo de se subespecializar, o Médico de Família cursa o caminho contrário.
Os aspectos biológicos, sociais e psicológicos são valorizados, articula a medicina com saberes amplos da educação, psicologia, sociologia, antropologia e comunicação social, buscando assim proximidade com as necessidades das pessoas, suas famílias.

PR_._Subvertendo os cuidados com uma APS

O MÉDICO DE FAMÍLIA É AQUELE MÉDICO DE ANTIGAMENTE?

Muito em voga atualmente, essa especialidade traz um conceito que por alguns anos ficou perdido dentro do meio médico: a medicina centrada na pessoa.
A Medicina de Família é uma evolução da “medicina de antigamente”, pautada em um ideal centrado na pessoa e não na doença, se relaciona com todas as demais especialidades visando a otimização do cuidado de seus pacientes.