• Paulo Henrique Mai

Cuidados necessários no uso da Cannabis Medicinal


Os canabinoides são moléculas de baixa toxicidade, seu uso medicinal é seguro e apresenta poucos riscos. Quando pensamos nos cuidados necessários, devemos ter duas questões principais em mente: possíveis efeitos adversos e interações medicamentosas.


Ao iniciar o uso medicinal da maconha, devemos nos atentar a:

  • toda medicação aumenta o risco de quedas em idosos, inclusive a cannabis; uma maneira de evitar isso é manter a casa sempre bem iluminada, ter apenas tapetes antiderrapantes e evitar se levantar de forma brusca;

  • boca seca é um efeito adverso que não traz por si só nenhuma gravidade, e pode ser amenizada tomando água mais vezes ao longo do dia;

  • em pessoas utilizando doses muito elevadas da cannabis, pode ocorrer sonolência e diminuição da concentração; nestes casos, uma opção é conversar com seu médico/a sobre a possibilidade de reduzir a dose pela manhã;

  • a alteração da pressão arterial é um efeito pouco comum, normalmente quem utiliza o cannabidiol isolado pode ter redução dos níveis pressóricos, já quem utiliza o cannabidiol associado ao THC pode ter aumento da pressão arterial, da frequência cardíaca e sensação de palpitação;

  • o aumento do apetite é um efeito possível, por conta disso indica-se sempre verificar o peso no momento do início do tratamento;

  • altas doses de TCH podem causar um de confusão, se isso acontecer, recomenda-se pausar o uso até a próxima consulta.


No caso de dúvidas sobre as indicações, interações medicamentosas e efeitos adversos, entre em contato.


Nosso Quintal Cuidado em Saúde

(44) 3346-0523

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo